Grupo nega participação no St. Anger e aponta Lars Ulrich como único responsável

Em nota, o grupo terrorista conhecido como Estado Islâmico reivindicou nesta tarde a autoria de três álbuns que inicialmente eram atribuídos ao Metallica: Load (1996), Reload (1997) e Lulu (2011).

O comunicado traz ainda uma declaração curiosa sobre o St. Anger com o grupo negando sua participação no álbum de 2003:

“Um disco sem nenhum solo e com aquele som de bateria medonho? Não fomos nós… Aquilo ali é 100% culpa do Lars”.

O FakeMetal saiu às ruas para ouvir a reação de fãs do Metallica ao comunicado emitido hoje. Ismael Manzini (53 anos) disse que se sente aliviado ao descobrir que esses 3 álbuns não são do Metallica.

“Eu sabia que tinha algo errado. Aqueles discos não podiam ser da minha banda de cabeceira”, conclui aliviado Ismael.

Confira mais notícias sobre: